A PSP apreendeu 220 mil euros em notas falsas de 500 euros numa garagem em Braga, quando investigava os suspeitos de um furto numa residência daquela cidade, informou hoje fonte policial.

A fonte disse à Lusa que as notas falsas estavam escondidas dentro de um saco de desporto e foram detetadas na garagem da residência de um dos alegados autores daquele furto.

Segundo a fonte, aquele indivíduo já estaria a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ) pelo crime de contrafação de moeda.

O achado das notas falsas já foi participado à PJ.

Na madrugada de domingo, três indivíduos assaltaram uma residência na Rua Bernardo Sequeira, em Braga, onde se introduziram utilizando uma «chave falsa». Os suspeitos foram surpreendidos no interior da residência pelos proprietários, que os entregaram à PSP.

No desenvolvimento das diligências, a PSP efetuou uma busca domiciliária, onde foram apreendidos diversos artigos furtados naquela residência.

«Do grupo de assaltantes, poderia fazer parte um quarto indivíduo, que ia levando o material furtado para a garagem da residência de um deles», disse a fonte policial.

Os detidos, de 26, 47 e 63 anos, foram levados ao Tribunal Judicial da Comarca de Braga, para aplicação das respetivas medidas de coação, que ainda não são conhecidas.