Um homem de 37 anos foi detido em flagrante delito quando tentava passar dinheiro falso, tendo sido encontrada várias notas de 20 e 50 euros na sua posse, anunciou hoje pela Polícia Judiciária a PJ.

A detenção do homem, que a polícia identifica como estrangeiro, foi feita na sequência de uma investigação iniciada em novembro do ano passado e que contou com mais de duas dezenas de passagens de moeda falsa, na sua maioria de 100 euros.

O homem detido estava, de acordo com a PJ, a comprar alguns bens com as notas contrafeitas, parte do qual foi recuperado.

O homem está atualmente em prisão preventiva, depois de ter sido levado a interrogatório judicial.

O crime de moeda falsa foi um dos três que mais contribuíram para o aumento de 3,3% da criminalidade geral em 2017, de acordo com o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) relativo ao ano passado.

No primeiro semestre deste ano, o Banco de Portugal apreendeu um total de 11.290 notas contrafeitas, a maioria das quais de 20 e 50 euros.

De acordo com dados avançados na semana passada pelo Banco de Portugal, as notas de 500, que nos primeiros seis meses do ano passado foram apreendidas aos milhares, este ano não chegaram a 30.