As 118 pessoas que foram retiradas de três aldeias no concelho de Nisa, distrito de Portalegre, devido à ameaça dos incêndios, regressaram hoje de manhã às suas casas, disse à agência Lusa fonte do município.

De acordo com a mesma fonte, as pessoas foram transportadas, na quinta-feira à tarde, para o pavilhão desportivo de uma escola na vila de Nisa, sede do concelho, mas 20 delas, por terem problemas de saúde, foram encaminhadas, ao início da noite, para a Santa Casa da Misericórdia.

Esta sexta-feira de manhã, cerca das 09:00, todas as pessoas, sobretudo idosas, regressaram às suas casas, nas três aldeias evacuadas (Falagueira, Monte Claro e Salavessa), indicou a fonte.

Um dos dois incêndios de Nisa, em Albarrol, entrou hoje de madrugada em fase de resolução, mantendo-se por dominar o fogo em Portas do Ródão, segundo a Proteção Civil.

De acordo com informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o incêndio em Albarrol, na freguesia de Arez e Amieira do Tejo, que levou à retirada de pessoas de várias aldeias, entrou em fase de resolução às 06:11.

O fogo em Portas do Ródão, na freguesia de Santana, que levou à ativação do Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil, continuava hoje de manhã a lavrar em duas frentes, tendo as operações de combate sido reforçadas com cinco aviões Canadair, incluindo dois espanhóis, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Para o ‘teatro de operações’ foram também mobilizados hoje de manhã 358 operacionais, com o apoio de 78 meios terrestres, além de uma unidade militar espanhola de emergência, com 158 elementos, que chegou hoje de madrugada.

Este fogo teve origem no de Vila Velha de Ródão, distrito de Castelo Branco, que passou na terça-feira à noite o rio Tejo e chegou ao concelho vizinho de Nisa, através do monumento natural das Portas de Ródão.

O alerta deste incêndio no concelho de Nisa foi dado às 21:34 de terça-feira, nas Portas do Ródão, freguesia de Santana.

O fogo em Albarrol, na zona de Arez e Amieira do Tejo, tinha tido origem, na quarta-feira à noite, no incêndio de Mação, no distrito de Santarém.