As buscas em terra para encontrar o homem desaparecido na praia da Nazaré foram retomadas hoje, às 08:00, mas sem resultados após quatro horas de trabalho, informou a Capitania do Porto local.
 

"Não temos até agora qualquer evidência" relacionada com o desaparecimento, como um sapato ou uma peça de roupa da vítima, adiantou o capitão do Porto da Nazaré, Agostinho Gomes, à agência Lusa.


Agostinho Gomes disse ainda que as buscas foram alargadas a zonas a sul e a norte da Nazaré, ao longo da costa, reforçadas com a participação de viaturas e efetivos da Polícia Marítima das capitanias de Peniche e da Figueira da Foz, nos distritos de Leiria e Coimbra, respetivamente.

As buscas na orla costeira tinham sido suspensas no sábado, às 18:00.

À medida que o tempo passa, é maior a probabilidade de o corpo dar à costa longe da praia da Nazaré, onde populares verificaram que um homem entrou no mar e desapareceu na noite da passagem do ano, há mais de 48 horas.

As operações de busca também têm envolvido equipas dos Bombeiros Voluntários da Nazaré e de São Martinho do Porto, no distrito de Leiria.

Na sexta-feira, a Capitania do Porto da Nazaré recebeu uma participação do desaparecimento de um jovem polaco, de 24 anos.

No sábado, ao fim do dia, o Instituto Politécnico de Leiria confirmou em comunicado o desaparecimento do jovem, aluno da instituição no mestrado em Engenharia da Energia e do Ambiente, que frequentava ao abrigo do programa europeu Erasmus.