O Paquete Funchal ficou retido no porto de Gotemburgo, na Suécia, logo na viagem inaugural. De acordo com as autoridades suecas, o navio português apresentou sérias deficiências ao nível da segurança, nos salva-vidas, nas portas estanques e nos conhecimentos da tripulação.

O navio está parado no porto sueco há três dias. Dos 400 passageiros, 150 já vieram embora.

Ter-se-á tratado uma inspeção de rotina. Um jornal sueco, citado pelo «Jornal de Notícias» diz que um inspetor refere que havia tanta coisa mal que decidiram mesmo cancelar a inspeção. Os problemas detetados têm agora de ser resolvidos e terá de haver uma nova inspeção para que o paquete possa seguir viagem.

A TVI contactou a empresa Portuscale Cruises, que promete esclarecimentos para mais tarde.