Os tripulantes do navio que encalhou na terça-feira junto ao Bugio, na foz do rio Tejo, vão ser retirados da embarcação por um helicóptero da Força Aérea, disse à Lusa o porta-voz da Marinha.

Segundo Pedro Coelho Dias, a operação decorre a partir das 15:00, na sequência de uma decisão do comandante do Porto de Lisboa, por "questões de segurança".

Esta quinta-feira de manhã, a Autoridade Marítima Nacional informou estar a caminho de Lisboa, vindo de Gibraltar, um rebocador de grandes dimensões de uma empresa contratada pelo armador do cargueiro “Betanzos”, de bandeira espanhola, com 118 metros.

A embarcação encalhou com 10 tripulantes cerca das 01:00 de terça-feira, à saída da barra de Lisboa, após uma falha total de energia e da tentativa de fundear.

Foram já feitas pelo menos três tentativas para desencalhar o navio.