As barras algarvias estão todas encerradas desde o final da manhã desta terça-feira devido à forte ondulação, disse o comandante da Capitania de Faro, Paulo Isabel, que é citado pela Lusa.

As autoridades têm estado a avaliar as condições de navegação nas barras algarvias, tendo interditado totalmente as barras de Lagos, Portimão na noite passada, enquanto a barra de Faro-Olhao está interdita a embarcações com comprimento inferior a dez metros.

O agravamento das condições de navegabilidade nas barras do sotavento algarvio levou, entretanto, as autoridades a determinar o encerramento das barras de Tavira e Vila Real de Santo António.

O distrito de Faro vai estar hoje sob aviso laranja precisamente por causa da agitação marítima já que são esperadas ondas de sueste com entre 3 e 3,5 metros, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O comandante Paulo Isabel sublinhou que as condições de navegabilidade nas barras algarvias vão continuar a ser monitorizadas para decidir sobre o levantamento das interdições.