O jantar da Web Summit no Panteão Nacional, onde estão os túmulos de personalidades históricas de Portugal, não foi caso único. Também uma empresa pública, a NAV Portugal, realizou um jantar, em outubro, e até publicou as fotografias no Facebook.

Para além do jantar de gala ara homenagear trabalhadores, o evento do dia 16 de outubro teve direito a um welcome drink no terraço do Panteão.

A NAV Portugal tem como missão garantir a prestação de serviços de navegação aérea e é tutelada pelo ministério do Planeamento.

O site Má Despesa Pública já tinha denunciado a situação e publicado o contrato de aquisição do jantar. Custou "17 600 euros, acrescido do IVA, à taxa legal em vigor, a que corresponde o valor de 38 euros por pessoa".

Mas só agora é notícia, na sequência da polémica que surgiu nas redes sociais a propósito do jantar realizado na sexta-feira com convidados exclusivos da Web Summit, e que levou já o fundador Paddy Cosgrave a pedir desculpa aos portugueses, dizendo que não quis ofender "os heróis do passado" histórico de Portugal. 

Os eventos no Panteão Nacional já vêm de trás. A 24 de outubro de 2003, há 14 anos,o livro Harry Potter e a Ordem de Fénix foi ali lançado, como recorda o Diário de Notícias.

É no Panteão Nacional que estão os cenotáfios de Infante D. Henrique, Pedro Álvares Cabral e Luís Vaz de Camões. Também ali repousam os túmulos de Almeida Garrett, Humberto Delgado, Teófilo Braga, Guerra Junqueiro e Amália Rodrigues.

Veja também: