O veleiro que encalhou este sábado a sul da Praia da Cova, na Figueira da Foz, sem causar danos pessoais, acabou por naufragar perto da Praia da Lava, informou o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa.

De acordo com o comandante do porto da Figueira da Foz, Paulo Inácio, em informações prestadas à agência Lusa, o alerta foi recebido ao final da tarde deste sábado, com informações de que havia um veleiro encalhado junto à praia da Orbitur, que estaria na zona de rebentação, na baixa-mar.

A mesma fonte indicou então que o veleiro trazia apenas um tripulante, noruguês, e que o homem conseguiu chegar a terra pelos próprios meios, auxiliado por populares que se encontravam na praia.

Como medida de precaução foi pedido apoio para que o tripulante do veleiro fosse observado no hospital, referiu.

A autoridade marítima mobilizou um salva-vidas do Instituto de Socorros a Náfragos, na tentativa de remover o navio da zona de rebentação, o que se revelou infrutífero.

De acordo com o comandante do porto, o tripulante do navio indicou que, quando a embarcação encalhou, meteu água, o que impossibilitou a remoção.

De acordo com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa, que recebeu o pedido de ajuda pelas 18:13, «a Polícia Marítima está a investigar as causas do naufrágio».