"Apenas existem condições para a saída de navios durante a maré enchente no arco diurno", sendo que a preia-mar (pico da maré alta) diurna de domingo ocorre às 14:57, refere a Autoridade Marítima em comunicado.












"Só será possível identificar os referidos objetos e proceder à sua retirada com a utilização de mergulhadores, o que será realizado logo que as condições meteorológicas o permitam", acrescentou, a esse propósito, o comunicado.

"Até que tal seja possível, e existindo incerteza sobre a localização do tripulante ainda desaparecido, foi estabelecido resguardo à posição [onde estão os objetos, criando-se um perímetro de segurança, sinalizado por boias] de modo a que o trânsito de navios e embarcações ou qualquer outra atividade não interfira nas operações de busca do náufrago, que continuam em curso", sustenta a Autoridade Marítima.