[notícia atualizada às 21:00]

Cinco pescadores, um deles em estado grave, foram resgatados pela Marinha nesta sexta-feira, na sequência de um naufrágio na Figueira da Foz, junto ao molho sul, em Gala, cerca das 17:15. A Proteção Civil disse à TVI24 que há ainda três tripulantes desaparecidos.

Inicialmente, o comandante da Proteção Civil no local disse aos jornalistas que o pescador resgatado em estado grave, e que se encontrava em paragem cardio-respiratória, tinha morrido, já depois de sujeito a reanimação ainda no barco salva-vidas. No entanto, mais tarde, o diretor do Serviço de Urgência do Hospital Distrital da Figueira da Foz, Manuel Gameiro, explicou à TVI24 que este pescador foi «reanimado e estabilizado», encontrando-se com «prognóstico reservado».

As restantes quatro vítimas «estão bem e já receberam alta clínica», adiantou ainda Manuel Gameiro.

A Força Aérea juntou-se às operações de busca, com um helicóptero enviado da base do Montijo.

No local, além da Marinha, estiveram, até cerca das 20:30, a Polícia Marítima, os bombeiros, o INEM e a Cruz Vermelha, num total de 16 viaturas, dois barcos e 39 operacionais.