Uma colisão frontal entre dois carros, um com matrícula portuguesa e outro com matrícula alemã, na freguesia de Almancil, na nova variante da Nacional 125, provocou a morte a uma mulher de 67 anos, de nacionalidade alemã. Este é o terceiro acidente em 24 horas na estrada considerada alternativa à Via do Infante, no Algarve, esta com portagens.

Segundo conseguiu apurar a TVI, o carro com matrícula nacional terá saído da faixa de rodagem, num troço com traço contínuo. Não se sabe, ainda, o que motivou essa deslocação para a via de sentido contrário.

Da colisão frontal, resultaram quatro feridos graves, sendo que três seguiam no carro português. A vítima mortal, a mulher de 67 anos, seguia no outro carro, com um homem que sobreviveu.

Ontem, um motociclista morreu, na sequência de uma colisão com um veículo de mercadorias, na mesma estrada, e também em Almancil, no concelho de Loulé. O motard ficou preso debaixo da carrinha.

Houve outro acidente, que vitimou uma idosa, igualmente na Nacional 125. Testemunhas viram dois carros a atropelar a mulher e a fugir.

Também hoje registou-se um outro desastre no Algarve, com uma vítima mortal: uma colisão entre dois carros, pelas 15:30, numa avenida na periferia de Lagos, adianta a Lusa. Um homem morreu e duas outras pessoas tiveram ferimentos ligeiros.