A GNR deteve 18 pessoas no Freedom Festival, que está a decorrer em Elvas, devido à posse de estupefacientes e armas proibidas, disse à Lusa fonte daquela força policial.

As detenções, que dizem respeito sobretudo a cidadãos estrangeiros, foram realizadas no âmbito de uma operação que está em curso desde as 00:00 do dia 11 de agosto, data em que o festival teve início.

Foram apreendidas duas facas-borboleta e um “spray” de gás pimenta, bem como diversos tipos de droga, como haxixe e anfetaminas.

Os detidos, cinco franceses, quatro espanhóis, um argelino, dois alemães, um holandês e cinco portugueses, têm idades compreendidas entre os 20 e os 35 anos e vão ser presentes ao tribunal de Elvas nesta terça-feira.

No Freedom Festival, vocacionado para música eletrónica e de trance, são esperados 10 mil visitantes.

De caráter bienal, o festival vai decorrer até domingo na Herdade da Chaminé, a cinco quilómetros de Elvas, no distrito de Portalegre, numa edição, comemorativa do 10.º aniversário, dedicada à temática “luz e vida”.