A Polícia Judiciária (PJ) revelou hoje que deteve no Norte do país dois homens alegadamente envolvidos na clonagem de cartões bancários, imputando-lhes os crimes de contrafação de títulos equiparados a moeda e de falsidade informática.

«Os suspeitos colocavam dispositivos de leitura de banda magnética em caixas ATM [multibanco] por forma a obterem os dados de cartões legítimos para posterior clonagem», explica a Diretoria do Norte da PJ, num comunicado.

A PJ diz que está agora a tentar determinar o montante global de prejuízos causados e identificação dos lesados.

Durante a operação que culminou nas duas detenções, a PJ apreendeu vários dispositivos de leitura de cartões bancários, um computador, um cartão-régua e alguns cartões bancários.

Os dois detidos, ambos de 24 anos de idade, aguardam ainda o primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, noticia a Lusa.