A esperança de vida média em Portugal entre 2015 e 2017 foi de 80,78 anos, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE), que regista um aumento face aos dois anos anteriores, sobretudo para os homens.

Segundo os dados das tábuas de mortalidade hoje divulgadas, os homens tiveram 77,74 anos de esperança de vida à nascença, mais 1,6 meses, e as mulheres 83,78 anos, mais um mês em relação ao biénio anterior.

Em dez anos, a esperança média de vida aumentou 2,28 anos para a população em geral, 2,56 anos para os homens e 1,78 anos para as mulheres.

No caso dos homens, diminuiu a mortalidade abaixo dos 60 anos, enquanto nas mulheres se reduziu aos 60 anos ou mais.

A diferença entre sexos na esperança de vida média diminuiu de 6,45 anos há dez anos para 5,67 anos no período entre 2015 e 2017.

Para as idades acima dos 65 anos, a esperança de vida da população situou-se nos 19,45 anos.

Novamente, nas mulheres este indicador é superior: 20,81 anos contra 17,55 no caso dos homens.