Uma mulher foi hoje morta por esfaqueamento em Chelas, Lisboa, alegadamente pelo ex-companheiro, que se pôs em fuga e está ainda a monte, segundo fonte da Polícia de Segurança Pública (PSP).

De acordo com a mesma fonte, que falava à Lusa ao final da tarde, a mulher tinha 33 anos e terá sido agredida por um ex-companheiro que estava à sua espera no local, tendo as agressões sido feitas com recurso a uma faca.

A mulher foi agredida no pescoço e, apesar de ter sido chamado o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e terem sido feitas manobras avançadas de suporte de vida, acabou por falecer no local.

De acordo com a PSP, a identificação do homem foi feita com base em testemunhas que estavam no local.

Este homicídio está agora nas mãos da Polícia Judiciária.