Um homem que estava desaparecido desde quinta-feira à noite no concelho de Góis foi encontrado morto esta manhã, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Góis explicou que o indivíduo de «72 ou 73 anos», de Amioso Cimeiro, na freguesia de Alvares, saiu na quinta-feira ao início da noite para recolher o gado e não voltou a ser visto, tendo a família dado o alerta cerca das 22:00 horas.

«Iniciámos as buscas com elementos da GNR e às 01:30 foi encontrado o gado sozinho», contou Miguel Pratas, referindo que as operações foram suspensas cerca das 02:30 e retomadas às 08:00 horas.

Cerca das 10:00 horas, o corpo do pastor foi encontrado sem vida, caído num ribeiro, por um militar da GNR.

Segundo Miguel Pratas, aparentemente os indícios apontam para um acidente, mas só a autópsia irá confirmar as causas da morte.

No local esteve o delegado de saúde de Góis que confirmou o óbito e os bombeiros voluntários que transportaram o cadáver para o Instituto de Medicina Legal de Coimbra.