Um bebé de seis meses morreu, esta quinta-feira, na residência da ama, em Monte Abraão.

A ama, que tomava conta de várias crianças em casa, contou à família do bebé que lhe deu o almoço, deitou-o e, quando voltou a verificar, este já se encontraria morto.

O INEM foi chamado ao local, mas já não haveria nada a fazer. A PSP também esteve na residência.

Carlos Lima, o pai, contou à TVI que recebeu um telefonema a contar que o filho tinha sido transportado para o hospital Amadora-Sintra e que ainda demorou a perceber o que se tinha passado.
 

"Até agora não sabemos [o que aconteceu]. A ama contou que acabou de dar-lhe o almoço e pô-lo a descansar. Quando o viu, estava com falta de respiração. Tentou chamar o médico, mas não havia solução."


O pai do bebé quer apurar quais as causas da morte e acredita que a residência da ama tinha condições para acolher as crianças.
 

"Não sei de onde vem a morte do miúdo. Ele saiu de casa saudável, sem problema nenhum. Até agora não sei qual é a causa da morte do meu filho." 


Carlos Lima recordou ainda que, numa ocasião em que foi buscar o filho à ama, este mostrou grande empatia com a mulher.
 

"Normalmente, quando os pais vão buscar os filhos, eles vêm logo a correr. Mas o meu filho voltou para o colo da ama. Se ele fosse maltratado, de certeza que corria para mim."