As autoridades policiais estão a investigar a morte de uma mulher de 36 anos, em Faro, que terá alegadamente sido vítima de agressão de madrugada, morrendo horas depois no hospital, disse fonte da PSP.

De acordo com a mesma fonte, a mulher, que durante a noite tinha estado na zona dos bares, em Faro, foi para casa da mãe de madrugada, apresentando algumas escoriações e queixando-se de que tinha sido vítima de agressões.

Horas depois, a vítima, que tinha problemas cardíacos, sentiu-se mal e foi transportada para a unidade de Faro do Centro Hospitalar do Algarve (CHA), onde viria a falecer, acrescentou a mesma fonte.

A PSP referiu não ter registo de agressões ou desacatos na baixa de Faro e ainda que não há testemunhas da alegada agressão.

A investigação do caso está a cargo da Polícia Judiciária (PJ).