O reformado que na terça-feira sofreu uma queda de quatro metros ao fazer reparações no telhado das instalações dos Bombeiros Voluntários de Ovar morreu esta terça-feira no Hospital de Gaia, na sequência dos ferimentos, anunciou a corporação.

António Santos tinha 69 anos, residia na freguesia de Válega, no concelho de Ovar, e estava a ajudar na reparação do telhado do quartel da corporação, a título voluntário, depois de aí ter executado anteriormente tarefas idênticas no âmbito de um serviço comunitário decretado pelo tribunal.

«António Santos ficou internado nos Cuidados Intensivos, em situação considerada muito grave, tendo acabado por falecer na manhã de hoje», declara a Associação Humanitária dos Bombeiros de Ovar em comunicado.