O jovem de 17 anos que caiu de uma altura de 12 metros ao descer por uma escada rolante no Centro Comercial Alegro, em Setúbal, acabou por morrer no Hospital de São Bernardo, disse esta quarta-feira à Lusa fonte hospitalar.

O jovem, residente no Pinhal Novo, foi assistido no local por uma equipa de emergência médica, seguindo depois para o Hospital de São Bernardo, em Setúbal, mas não resistiu aos ferimentos provocados pela queda, indicou a mesma fonte.

O Centro Comercial Alegro, inaugurado no passado dia 11 de novembro, lamenta, em comunicado, o sucedido e adianta que a queda terá ocorrido «quando dois jovens desciam as escadas rolantes. Um deles ia sentado no corrimão e teve uma queda».

O Centro Comercial Alegro refere ainda que o espaço «está devidamente licenciado e opera de acordo com as mais rígidas medidas de segurança, dispondo dos mecanismos de emergência previstos na lei, que foram acionados com uma resposta pronta».

Contactada pela Lusa, a PSP de Setúbal informou que tinha tomado conta da ocorrência e que o caso «seguiu os trâmites legais», escusando-se a revelar se havia dúvidas sobre as circunstâncias da morte do jovem.