O dono de uma serralharia morreu esta segunda-feira, em Braga, num "contexto de acidente de trabalho" na sequência de uma queda de uma escada com 3,5 metros quando montava um portão num armazém, confirmou à Lusa uma fonte da GNR de Braga.

O homem, de 50 anos e que num primeiro momento se pensou ser o dono do armazém, explicou a referida fonte, estava a montar um portão mecânico de acesso ao estabelecimento em Este S. Mamede quando caiu da escada que estava a usar.

De acordo com a mesma fonte, pelos indícios recolhidos pelos militares, que foram chamados às 14.50 "tudo aponta que o homem terá morrido num contexto de acidente de trabalho".

Fonte nos Sapadores de Braga confirmou à Lusa terem sido chamados para "levantar um cadáver" naquele local às 15.52.

Ao local acudiram, além da GNR e dos bombeiros, inspetores da Autoridade para as Condições de Trabalho, segundo afirmou a fonte militar.

(Foto de arquivo)