O forcado dos Amadores de Cuba, Pedro Primo, de 25 anos, morreu na terça-feira, numa unidade hospitalar em Lisboa, na sequência de uma colhida provocada por um touro, disse esta quarta-feira à agência Lusa fonte do grupo.

O jovem forcado, que se despedia das arenas no sábado, em Cuba (Beja), no decorrer de uma corrida de touros à portuguesa, foi ferido com gravidade por um touro pertencente à ganadaria de Jorge de Carvalho, quando efetuava uma pega de caras.

Pedro Primo foi transportado para o Hospital de Beja e, posteriormente, transferido para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, onde veio a falecer.

O festejo taurino realizado em Cuba reuniu em praça, para tourear um concurso de ganadarias, os cavaleiros Luís Rouxinol, António Maria Brito Paes e Francisco Palha, estando as pegas a cargo dos grupos de forcados de Bencatel, Cuba e Riachos.

Lidaram-se neste dia touros de António Silva, Fernandes de Castro, Brito Paes, Jorge de Carvalho, Cunhal Patrício e José Luís Sommer D´Andrade.