Uma mulher que caminhava ao longo da linha de caminhos-de-ferro perto do apeadeiro de Mouquim, Vila Nova de Famalicão, foi "colhida mortalmente", cerca das 16:15, por um comboio de mercadorias, adiantou à agência Lusa fonte da GNR.

Segundo fonte do Comando Distrital de Braga daquela força militar, o maquinista da composição "quando avistou a senhora deu sinais sonoros, tendo a vítima tentado afastar-se" mas a o comboio acabou por a colher.

A mesma fonte referiu ainda que a linha férrea entre Vila Nova de Famalicão e Braga “está cortada para os trabalhos relacionados com o acidente”.

Foi numa zona murada, os comboios de mercadorias são mais largos. Pelo que disse o maquinista, a mulher ainda se encostou ao muro mas infelizmente o comboio acabou por a colher, causando-lhe a morte", referiu a fonte.

Segundo fonte dos Bombeiros Famalicenses, que se deslocaram ao local, o alerta para o acidente foi dado às 16:19.

Fomos chamados já para a remoção do cadáver", afirmou a referida fonte naquela corporação.