O corpo do montanhista português João Marinho, descoberto no passado dia 1 de agosto, e que estava desaparecido desde novembro, já está de regresso a Portugal.

A informação foi avançada pelo irmão do montanhista, Pedro Marinho, na sua página do Facebook. 

O funeral realiza-se quarta-feira, às 17h30, na Igreja de Salvador do Monte, em Amarante.

Recorde-se que o corpo de João Marinho foi encontrado por um grupo de montanhistas, nos Picos da Europa, no penhasco Pena Santa de Enol. 
  
Devido ao avançado estado de decomposição do corpo, deduziram que já tinha falecido há muito tempo e, quando encontraram os documentos, confirmaram tratar-se de João Paulo Marinho, o montanhista de nacionalidade portuguesa, que tinha desaparecido naquela zona em novembro. 
  
Depois de descobrirem o corpo, o grupo de montanhistas ligou para o 112, que avisou a Guarda Civil. Em seguida, uma equipa deslocou-se ao local e levou o cadáver para o Instituto Anatómico Forense, em Oviedo, onde será realizada a autópsia.