Um monomotor de dois lugares foi obrigado a fazer uma aterragem de emergência na manhã deste domingo provocando ferimentos ligeiros nos ocupantes que participavam no festival de acrobacias aéreas que decorre em Ponte de Sor, no distrito de Portalegre.

O acidente ocorreu junto ao aérodromo de Ponte de Sor, mais precisamente em Porto de Santarém", disse à TVI24 um interlocutor do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre.

O alerta foi dado às 11:21 e para o local foram mobilizados 11 elementos de operações de socorro apoiados por cinco viaturas.

"Não houve danos físicos"

Em comunicado, a organização do Air Summit refere que o "avião XA42 de matrícula alemã, que realizava um batismo de voo, teve que fazer uma aterragem forçada junto ao aeródromo, a Sul de Ponte de Sor, devido a uma falha mecânica".

Não houve danos físicos. Os meios de emergência foram imediatamente acionados e o evento continua como previsto", refere o comunicado.

À agência Lusa, fonte da organização do evento acrescentou que a “falha de motor” durante um batismo de voo, obrigou o piloto norte-americano Scott Farnsworth a aterrar de emergência “num campo lavrado a sul do aeródromo”.

Piloto e tripulante “saíram do avião pelo próprio pé”, segundo a organização, sendo que fonte do CDOS de Portalegre precisou que o acidente provocou dois feridos ligeiros, dois homens de 36 e 42 anos, que foram assistidos no local.

A fonte da organização do “Portugal Air Summit” realçou que, devido ao acidente, o piloto norte-americano Scott Farnsworth deverá ficar fora da corrida de aviões que está marcada para esta tarde, frisando que as provas vão manter-se.