A GNR anunciou o desmantelamento de uma rede de tráfico de droga que operava junto de duas escolas de Monção, tendo detido seis suspeitos.

De acordo com fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, a operação, decorreu na segunda-feira, num local situado nas imediações da Escola Secundária, e da Escola Profissional do Alto Minho Interior (EPRAMI).

A mesma fonte sublinhou "a atuação prevenida de alguns dos suspeitos no contacto com os clientes e no manuseamento de pequenas quantidades de produto estupefaciente".

"Não se coibiam de efetuar vários abastecimentos por dia, sempre que necessário, deslocando-se a Espanha para esse efeito", sustentou a fonte policial em declarações à Lusa.


A operação decorreu entre as 10:00 e as 23:00 e foi efetuada na sequência do cumprimento de dez mandados de busca, de que resultaram cinco buscas domiciliárias, uma a um estabelecimento comercial, e quatro a viaturas.

Os militares da Secção de Informações e Investigação Criminal (SIIC) de Valença, apoiados por dois binómios de deteção de droga, apreenderam dez doses de haxixe, dez doses de cocaína, 27 doses de heroína, e 93 doses de cannabis.

No decurso da operação os militares da GNR apreenderam ainda uma arma de fogo 6.35 milímetros, navalhas, balanças, telemóveis, duas viaturas, 225 euros, máquinas fotográficas, um computador portátil e diversos sacos de acondicionamento das substâncias estupefacientes.

Dos seis detidos, com idades entre os 18 e os 33 anos e residentes no concelho de Monção, dois já possuem antecedentes criminais por crimes da mesma natureza.

Os suspeitos são hoje presentes no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Viana do Castelo.