A empresa de eletrodomésticos Siemens pediu esta quarta-feira aos clientes, em comunicado publicado na imprensa, precaução na utilização de máquinas de secar roupa da sua marca fabricadas em 2002, por risco de incêndio.

No aviso de segurança, publicado hoje na imprensa portuguesa, a Siemens explica ter identificado um problema com os componentes eletrónicos das máquinas de secar roupa fabricadas em 2002 (modelos WTXL2200EE, WTXL2500EE e WTXL2400EE), que podem sobreaquecer e, em casos raros, causar um risco potencial de incêndio.

«Como medida de precaução recomendamos que utilize a sua máquina de secar roupa apenas sob supervisão, ou seja, quando alguém estiver presente em casa para supervisionar o seu uso e nunca enquanto estiver a dormir», refere a nota da Siemens,citada pela Lusa.

Por este motivo, a Siemes pede aos clientes para verificarem a marca e o número do modelo, o número do lote e o de série, que se encontram inscritos no painel da porta da máquina de secar roupa ou na parte de trás.

A empresa pede ainda que os clientes entrem em contacto com a sede - www.siemens-home.com/tumbledryersafety - para verificar se o modelo da máquina se encontra abrangido, ou através do número gratuito 800502380, para informação adicional e assistência.