Cerca de 12 alunos entraram esta quarta-feira nas instalações no Ministério da Educação, em Lisboa, e exigem ser recebidos pelo ministro, Nuno Crato, disse à agência Lusa fonte da PSP.

«São cerca de 12 alunos que estão lá dentro e dizem que não saem enquanto não forem recebidos pelo ministro», afirmou a fonte, segundo a qual não se verificou até ao momento qualquer perturbação da ordem pública.

Os estudantes da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto marcaram para hoje uma manifestação frente ao Ministério da Educação, em Lisboa, e anunciaram posteriormente, através de correio eletrónico, que haviam invadido as instalações da avenida 05 de outubro.

Os estudantes protestam contra a degradação das condições da faculdade e o desinvestimento público no Ensino Superior.

«Vamos ficar aqui até ser necessário», disse à Lusa Valter Cabral, da direção da Associação de Estudantes.

O ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, tem em agenda a participação numa conferência sobre autonomia das escolas, prestes a começar nas instalações do ministério no Palácio das Laranjeiras, junto a Sete Rios.