Um acidente com um vagão registado esta terça-feira de manhã no interior das Minas da Panasqueira, concelho da Covilhã, provocou ferimentos a um mineiro, disse à agência Lusa o porta-voz do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira.

De acordo com Luís Paulo Mendes, cerca das 11:30, o trabalhador ferido estava consciente e ainda a ser assistido no local pelas equipas médicas da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER). Apresentava queixas numa perna e nas costas.

"Ao que tudo indica terá de ser transferido para Coimbra, mas ainda se está à espera do helicóptero", especificou.

O sindicalista adiantou ainda que o acidente ocorreu no nível II de uma das galerias da mina e que o mineiro, com cerca de 45 anos, terá ficado "preso entre dois vagões de transporte".

Questionado sobre as causas do acidente, Luís Paulo Mendes disse que as mesmas ainda não são conhecidas, mas reiterou o alerta que é sistematicamente feito pelo sindicato no sentido de que é necessário reforçar as condições de trabalho e segurança no interior da mina.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro de Castelo Branco, o alerta foi dado às 10:18 e no local estiveram as VMER da Covilhã do Fundão e 11 operacionais dos bombeiros auxiliados por cinco veículos.

As Minas da Panasqueira são a única exploração de extração de volfrâmio a laborar em Portugal e nos últimos tempos viveram dificuldades devido às constantes quebras do preço do volfrâmio. No início do ano foram vendidas ao grupo canadiano Almonty, que já anunciou a intenção de aumentar a produção e "consequentemente" os postos de trabalho.

Atualmente empregam 244 pessoas, essencialmente dos concelhos da Covilhã e do Fundão, no distrito de Castelo Branco, e da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra.

(Foto de arquivo)