Um militar da Força Aérea Portuguesa (FAP), de 23 anos, foi hoje encontrado morto num alojamento da base aérea de Beja, com indícios de «morte não natural», disseram à agência Lusa fontes militares.

Segundo a mesma fonte, o jovem pertencia à Base Aérea n.º 6, no Montijo, mas foi destacado para Beja (Base Aérea n.º 11) para reforçar o efetivo daquela unidade em virtude da realização do exercício militar denominado Real Thaw, acrescentando que o caso já está a ser investigado pela Polícia Judiciária Militar.

Em comunicado entretanto divulgado na sua página da internet, a Força Aérea Portuguesa (FAP) lamenta a morte do militar, natural do concelho do Barreiro, que se encontrava ao serviço da instituição desde dezembro de 2012.

A FAP acrescenta que foram notificadas as autoridades competentes, nomeadamente a Polícia Judiciária Militar, no sentido de serem apuradas as circunstâncias do óbito.