Cerca de 130 fuzileiros portugueses e 40 ‘marines’ norte-americanos realizam na segunda-feira exercícios de treino militar, numa operação que visa "fortalecer as relações militares" entre Portugal e os EUA.

Segundo um comunicado da embaixada dos EUA em Lisboa, vão participar 40 `marines´ que fazem parte da 26.ª Unidade Expedicionária com 130 fuzileiros portugueses em exercícios de treino militar no Alfeite (Almada).

O navio "USS Oak Hill", que pertence ao esquadrão anfíbio n.º 4 norte-americano estará a apoiar este exercício, que inclui o "planeamento e execução de um treino tático onde são empregues diversas técnicas, táticas e procedimentos" que privilegiam a "troca de conhecimentos e experiências" entre as duas estruturas.

"Esta é a quinta cooperação entre fuzileiros e ‘marines’ norte-americanos, que tem como objetivo fortalecer as relações militares entre Portugal e os EUA, e promover as capacidades militares e de interoperabilidade que são importantes para ambas as partes", refere a embaixada norte-americana, no comunicado.

O exercício decorre na segunda-feira, no dia da cerimónia do Dia do Corpo de Fuzileiros, no Alfeite.