O ministro da Administração Interna apelou nesta sexta-feira, no Comando Metropolitano do Porto da PSP, para que a força de segurança faça ajustamentos no sentido de poupar naquilo que é secundário.

«Sei que todas as organizações podem fazer sempre melhor e podem ajustar-se sempre melhor, no sentido de poupar naquilo que não é essencial para ter sempre disponível as condições que são necessárias para as operações», afirmou Miguel Macedo, no âmbito da cerimónia das comemorações dos 146 anos da PSP/Porto.

Enaltecendo o trabalho desenvolvido pelos elementos da PSP, que «quando asseguram um ambiente de tranquilidade, de ordem pública e garantem que o país é seguro, que é um destino seguro, estão a dar um inestimável contributo a Portugal», Miguel Macedo afirmou não ter dúvidas de que aquele Comando «não deixará de estar, como sempre tem estado, na linha da frente desse esforço conjunto» que vai ser preciso fazer, «com sensatez e com ponderação, para ultrapassar as dificuldades».