O ministro da Administração Interna reagiu com humor ao relatório provisório que indica que 2014 foi o ano com menor número de incêndios na última década, afirmando que será «o único português que gostou» deste verão.

«Devo ser o único português que gostou do verão que tivemos até agora», referiu o ministro, à margem da inauguração do novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave, em Famalicão.

O relatório provisório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) indica que 2014 foi o ano em que se registou o menor número de incêndios da última década.

Segundo o relatório, entre 01 de janeiro e 15 de setembro registaram-se 6.958 ocorrências de fogo.

Em comparação com o mesmo período de 2013, as ocorrências de fogo diminuíram para mais de metade.

O relatório destaca ainda que 2014 é o terceiro melhor ano desde 2004 em termos de área de área ardida, com 19.021 hectares de espaços florestais destruídos pelas chamas.

Segundo o mesmo documento, os únicos dois anos com menor área ardida do que 2014, durante a última década, foram 2007 e 2008, com 18.755 e 12.659 hectares, respetivamente.