A Polícia Marítima, em missão na Grécia, resgatou 39 refugiados que seguiam num barco que se estava a afundar no Mar Egeu. O salvamento ocorreu na segunda-feira, mas só esta quarta-feira as imagens foram divulgadas.

Em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional adianta que a bordo do barco estavam oito crianças.

A equipa portuguesa de resgate conseguiu transportá-los para a ilha de Lesbos, onde desembarcaram em segurança. Foi apenas necessário ministrar oxigénio a uma mulher que se sentiu mal devido à fadiga da viagem.

De acordo com as autoridades, os 39 migrantes e refugiados eram oriundos do Afeganistão, Congo, Eritreia, Irão, Iraque, Mali, Paquistão, Senegal, Síria e Somália.