A GNR detetou, esta quinta-feira, no mar Egeu, uma embarcação com 46 migrantes que foram resgatados em segurança e entregues às autoridades gregas.

Seguiam a bordo de uma embarcação que se deslocava entre a Turquia e a Grécia.

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR participa na ilha grega de Samos numa missão europeia de vigilância de fronteiras.

Os militares detetaram, desde 1 de maio, 12 embarcações com 456 migrantes, que foram resgatados por outras forças policiais europeias a trabalharem em cooperação com a GNR.

A GNR tem "um equipamento especial de vigilância da costa com capacidade de visão noturna, que permite detetar e fazer cessar ilícitos relacionados com a imigração ilegal, o tráfico de droga e de seres humanos, sendo a sua missão prioritária contribuir para a salvaguarda de vidas humanas no mar", refere o mesmo comunicado.