"O motorista do autocarro [dos TST, Transportes Sul do Tejo] desrespeitou as regras de trânsito, nomeadamente a sinalização semafórica, e colidiu contra a composição do metro que já estava imobilizada, situação acompanhada pela GNR que esteve presente no local", disse à Lusa fonte da MST.


O acidente