O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou, esta quarta-feira, sob aviso amarelo meteorológico (o segundo menos grave de uma escala de quatro) sete distritos da costa portuguesa, devido à previsão de ondas até quatro metros e meio.

O IPMA revela que colocou sob aviso amarelo os distritos do Porto, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga, entre as 03:00 de hoje e as 03:00 de quinta-feira, devido à previsão de agitação marítima.

Para os sete distritos da orla costeira estão previstas ondas de noroeste com quatro a quatro metros e meio.

Devido a estas condições meteorológicas, as barras marítimas de Esposende, Póvoa do Varzim e São Martinho do Porto encontram-se fechadas a toda a navegação, enquanto três outras estão condicionadas, informa a Marinha Portuguesa no seu site oficial na Internet.

As três barras marítimas estão fechadas a toda a navegação, enquanto as de Vila do Conde, Aveiro e Figueira da Foz se encontram condicionadas.

A barra de Aveiro está condicionada a embarcações com comprimento inferior a 15 metros, enquanto a de Figueira da Foz está vedada a embarcações com comprimento inferior a 11 metros.

Já a barra de Vila do Conde está vedada a embarcações com menos de 12 metros e/ou calado inferior a dois metros.

Para hoje, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, para as regiões norte e centro, céu geralmente muito nublado, com boas abertas nas regiões do interior, tornando-se pouco nublado ou limpo a partir do início da manhã.

Estão ainda previstos períodos de chuva fraca ou chuvisco até ao início da manhã, mais prováveis no litoral.

O IPMA prevê ainda uma pequena descida da temperatura mínima, mais acentuada na região norte e uma pequena subida da temperatura máxima no litoral.

Já para a região sul, o IPMA prevê céu geralmente muito nublado, sendo por nuvens altas a partir da manhã, existindo ainda a possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco no Alentejo, até ao início da manhã.

Quanto a temperaturas, Faro e Sines, com 22 graus centígrados de máxima são as cidades mais quentes de Portugal continental, sendo os 12 de mínima, a par com Lisboa, igualmente o valor mais alto para a mínima sentida durante o dia de hoje.

Os cinco de mínima previstos para Portalegre e Guarda faz com que sejam as cidades com mínimas mais baixas embora a primeira possa chegar aos 19 de máxima, enquanto na segunda os valores máximos vão rondar somente os 11.

Mais a norte, as mínimas vão oscilar entre os seis em Braga e os oito no Porto, sobem à máxima de 18 e 19, respetivamente.

Nos Açores, as temperaturas rondam os 13 de mínima em Angra do Heroísmo e Ponta Delgada, enquanto Santa Cruz das Flores e Horta vão ter 14 de mínima, estando previstos 14 graus de máxima nas quatro cidades.

Na Madeira, estão previstos 14 graus de mínima e 19 de máxima na cidade do Funchal.