O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para esta quinta-feira no continente céu pouco nublado, apresentando-se muito nublado no litoral oeste até final da manhã, nebulosidade que poderá persistir em alguns locais da faixa costeira.

Durante a tarde, o Instituto prevê um aumento de nebulosidade nas regiões do interior Norte e Centro, onde há condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoada.

A previsão aponta ainda para vento fraco, tornando-se fraco a moderado do quadrante oeste a partir do início da tarde, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e descida da temperatura máxima, mais significativa no litoral oeste.

Em Lisboa as temperaturas vão variar entre 13 e 22 graus Celsius, no Porto entre 12 e 19, em Vila Real entre 11 e 27, em Viseu entre 10 e 26, em Bragança entre 9 e 27, na Guarda entre 9 e 22, em Coimbra entre 11 e 23, em Castelo Branco entre 12 e 27, em Santarém entre 12 e 25, em Évora entre 10 e 26, em Beja entre 11 e 26 e em Faro entre 12 e 24.

Nesta quinta-feira, há quatro concelhos dos distritos de Coimbra e da Guarda que apresentam risco ‘muito elevado’ de incêndio.

De acordo com o IPMA, em risco ‘muito elevado’ de incêndio estão os concelhos da Guarda e Sabugal, no distrito da Guarda, e Pampilhosa da Serra e Tábua, em Coimbra.

O IPMA colocou também hoje vários concelhos dos distritos de Faro, Coimbra, Castelo Branco, Guarda, Santarém, Leiria, Viseu, Aveiro, Bragança, Vila Real e Braga em risco ‘elevado’ de incêndio.

Os restantes distritos do país apresentam risco ‘moderado’ e ‘reduzido’ de incêndio.

Quase todas as regiões do país com níveis 'muito elevados' de exposição à radiação UV

As regiões do Funchal e Porto Santo, arquipélago da Madeira apresentam nesta quinta-feira risco ‘muito elevado’ de exposição à radiação ultravioleta (UV) enquanto o resto do país está com níveis ‘elevados’.

As regiões de Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Guarda, Penhas Douradas, Leiria, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real, Viana do Castelo, Porto, Faro, Viseu Angra do Heroísmo (ilha Terceira, Açores) e Santa Cruz das Flores (ilha das Flores, Açores) apresentam hoje risco 'elevado’ de exposição à radiação UV.

De acordo com o Instituto, a exceção vai para Ponta Delgada (ilha de São Miguel, Açores) e na Horta (ilha do Faial, Açores) com risco ‘moderado’.

Para as regiões com risco 'muito elevado' e 'elevado', o Instituto recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é 'Baixo', 3 a 5 ('moderado'), 6 a 7 ('elevado'), 8 a 10 ('muito elevado') e superior a 11 ('extremo').