O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para esta quarta-feira no continente períodos de céu muito nublado, apresentando-se muito nublado no litoral a sul do Cabo Carvoeiro até ao meio da manhã, podendo essa nebulosidade persistir em alguns locais da faixa costeira até ao final do dia, e aguaceiros, que poderão ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada, em especial nas regiões do interior e durante a tarde.

Está também previsto vento fraco, soprando temporariamente moderado do quadrante leste nas terras altas até ao meio da manhã e do quadrante oeste no litoral oeste durante a tarde, pequena subida de temperatura nas regiões do litoral norte e centro, descida da máxima nas regiões do interior e possibilidade de formação de neblina em alguns locais do litoral a sul do Cabo Carvoeiro.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos nas vertentes norte e nas terras altas e vento fraco a moderado de norte, soprando por vezes forte nas terras altas.

Para os Açores, a previsão aponta para céu muito nublado, com abertas para a tarde, neblinas, períodos de chuva fraca ou chuvisco em especial na madrugada e manhã e vento fraco a bonançoso.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 20 e 32 graus Celsius, no Porto entre 20 e 29, em Vila Real entre 18 e 32, em Viseu entre 19 e 31, em Bragança entre 17 e 33, na Guarda entre 18 e 28, em Coimbra entre 19 e 33, em Castelo Branco entre 22 e 33, em Santarém entre 18 e 36, em Évora entre 18 e 33, em Beja entre 19 e 32, em Faro entre 19 e 24, no Funchal entre 19 e 24, em Ponta Delgada entre 19 e 23, na Horta entre 19 e 25 e em Santa Cruz das Flores entre 20 e 24.

Seis distritos do continente sob 'Aviso Amarelo'

Seis distritos de Portugal continental estão hoje sob ‘Aviso Amarelo’ devido à previsão de chuva ou aguaceiros.

De acordo com o instituto, os distritos de Bragança, Viseu, Guarda, Vila Real, Castelo Branco e Coimbra estão sob ‘Aviso Amarelo’ desde as 02:07 e até às 20:59 de hoje devido à previsão de chuva ou aguaceiros.

Por sua vez, a região do Funchal apresenta hoje risco ‘Extremo de exposição à radiação ultravioleta (UV), enquanto outras 21 estão com níveis ‘Muito Altos’.

O instituto colocou em risco ‘Muito Alto’ as regiões de Bragança, Aveiro, Beja, Coimbra, Évora, Leiria, Portalegre, Santarém, Setúbal, Sines, Vila Real, Sagres, Ponta Delgada e Porto Santo e em níveis ‘Altos’ Braga, Castelo Branco, Faro, Lisboa, Porto, Viana do Castelo, Viseu.

Segundo o IPMA, Angra do Heroísmo e Santa Cruz das Flores estão hoje com níveis ‘Moderados’ e Horta ‘Baixo’.

Nevoeiro no aeroporto de Ponta Delgada afeta ligações aéreas

O nevoeiro na zona do aeroporto de Ponta Delgada, Açores, está a afetar diversas ligações aéreas, tendo dois voos divergido para Lisboa e outros estão a sofrer atrasos, disse à agência Lusa o porta-voz da transportadora aérea açoriana SATA.

Segundo António Portugal, o voo originário de Boston, nos Estados Unidos da América, com chegada prevista a Ponta Delgada às 07:00 locais (mais uma hora em Lisboa), operado pela Azores Airlines, divergiu para Lisboa.

O voo de Boston divergiu para Lisboa com 268 passageiros e não se sabe quando aterra em Ponta Delgada, porque depende das condições meteorológicas”, informou António Portugal.

Como este avião não aterrou, a ligação Ponta Delgada-Lisboa está também afetada, com 230 passageiros em terra, adiantou.

Também o voo Toronto (Canadá)-Ponta Delgada divergiu para Lisboa, com 207 passageiros, quando estava previsto aterrar na ilha de São Miguel às 07:20.

Já da Sata Air Açores, que faz as ligações inter ilhas, o voo que deveria ter saído hoje da Terceira às 07:00 ainda não aterrou em Ponta Delgada e deste aeroporto também não saiu nenhum voo, pelo que as ligações com destino a Santa Maria, Graciosa e Canárias estão atrasadas.

Estes quatro [voos] envolvem cerca de 200 passageiros”, acrescentou António Portugal.

No voo para Santa Maria devia seguir a comitiva do Governo Regional dos Açores, que tem previsto iniciar ainda hoje a visita estatutária a esta ilha, a última desta legislatura.

Na placa do aeroporto, encontra-se também o avião Ryanair que deveria ter saído às 07:15 locais, constatou a Lusa no local.

No aeroporto de Santa Maria encontra-se um avião da SATA que na terça-feira partiu do Porto e tinha como destino Ponta Delgada, com 165 passageiros, prevendo-se que aterre às 11:00, se as condições meteorológicas o permitirem.