A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) emitiu um alerta amarelo para todo o continente devido ao mau tempo e que vigorará até às 20:00 de quinta-feira.

Desde as 20:00 desta quarta-feira, os Bombeiros Sapadores de Lisboa já responderam a 57 ocorrências, a maioria inundações, segundo o registo divulgado online.

Segundo a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), é esperado mau tempo hoje e na quinta-feira, em particular chuva, por vezes intensa, sobretudo nas regiões norte e centro, vento moderado a forte no litoral a norte do cabo de Sines, com rajadas que podem atingir 70 km/h, e «fenómenos convectivos mais intensos, dando origem a trovoadas e fenómenos extremos de vento localizados».

A Proteção Civil recomenda que, no período em vigor do alerta amarelo, que teve início às 15:00 de hoje, seja garantida a desobstrução dos sistemas de escoamento de águas, que se pratique uma condução defensiva e especial cuidado na circulação por zonas arborizadas e junto à orla costeira e ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a cheias e se evite atravessar zonas inundadas.

É ainda aconselhado fixarem-se adequadamente estruturas soltas, nomeadamente andaimes, cartazes e outras estruturas suspensas e não se praticarem atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, recomendando-se ainda que se evite o estacionamento de veículos na orla marítima.

O alerta amarelo pressupõe «um incremento da monitorização e a intensificação, por parte do dispositivo de resposta, de ações preparatórias para eventuais intervenções» do Sistema Integrado de Operações de Socorro do Dispositivo Integrado de Operações de Proteção e Socorro.

Além do alerta da Proteção Civil, seis distritos vão estar sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, entre as 06:00 e as 18:00 de quinta-feira, devido a chuva forte, informou o IPMA.

Na informação divulgada esta tarde pelo IPMA, estarão sob aviso laranja Viseu, Guarda, Santarém, Leiria, Castelo Branco e Coimbra, devido a «precipitação por vezes forte, acompanhada de trovoada e rajadas de vento fortes».

Sob aviso amarelo devido à chuva forte estão, a partir do final do dia ou início da tarde, Bragança, Évora, Porto, Vila Real, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Beja, Aveiro, Portalegre e Braga.

Os avisos amarelos devido a vento forte vão estar ativos a partir da manhã de quinta-feira em Bragança, Porto, Vila Real, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Beja, Aveiro e Braga.

O aviso laranja diz respeito, segundo o IPMA, a uma situação meteorológica de risco moderado a elevado, enquanto o amarelo pressupõe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.