“Amanhã [terça-feira] vamos ter um agravamento do estado do tempo no Minho e Douro litoral. Prevê-se céu muito nublado durante a manhã com ocorrência de períodos de chuva que vai estender-se depois a partir da tarde às regiões do norte e centro e depois ao alto Alentejo”, adiantou à Lusa a especialista.




















Já para esta segunda-feira, o IPMA prevê céu com períodos de muita nebulosidade, tornando-se geralmente pouco nublado a partir do meio da tarde, aguaceiros fracos nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, mais frequentes até ao final da manhã.

Está também previsto vento em geral fraco do quadrante oeste, soprando moderado durante a tarde, de noroeste no litoral a sul do cabo Mondego e de sudoeste na costa sul do Algarve e nas terras altas e neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 16 e 23 graus Celsius, no Porto entre 13 e 19, em Braga entre 11 e 19, em Viana do Castelo entre 12 e 19, em Viseu entre 10 e 18, em Bragança entre 10 e 20, na Guarda entre 9 e 16, em Castelo Branco entre 12 e 23, em Coimbra entre 12 e 20, em Santarém entre 15 e 24, em Évora entre 13 e 25, em Beja entre 14 e 25, em Faro entre 17 e 23 e em Leiria entre 14 e 22.

O IPMA prevê para hoje na Madeira céu com períodos de muita nebulosidade, tornando-se geralmente muito nublado a partir da manhã, aguaceiros a partir do início da manhã e vento fraco a moderado do quadrante norte.

No Funchal, as temperaturas vão variar entre 22 e 26 graus.

Para os Açores, o IPMA prevê períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade para o fim do dia e vento oeste bonançoso, tornando-se fresco com rajadas até 50 quilómetros por hora no grupo ocidental (ilhas das Flores e Corvo).

Em Ponta Delgada as temperaturas vão variar entre 18 e 23 graus, na Horta e Angra do Heroísmo entre 24 e 18 e em Santa Cruz das Flores entre 20 e 24.


Vinte e uma regiões do país em risco alto de exposição à radiação ultravioleta









Concelhos de cinco distritos em risco elevado de incêndio