O ciclone Alex vai passar a furacão e atingir o grupo central dos Açores na sexta-feira, disse esta quinta-feira à agência Lusa Carlos Ramalho, meteorologista da delegação regional do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA anunciou que as previsões meteorológicas indicam que o ciclone tropical 'Alex' vai atingir os Açores na madrugada e manhã de sexta-feira, estando esta quinta-feira de manhã a menos de 900 quilómetros. 

Os grupos oriental e central dos Açores vão estar na sexta-feira sob aviso vermelho devido à previsão de chuva e vento forte, informou o IPMA. 

Segundo o IPMA, o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) e o central (Terceira, São Jorge, Graciosa, Pico e Faial) vão estar sob aviso vermelho entre as 03:00 e as 15:00 de sexta-feira devido à previsão de chuva e vento forte. 

O aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, é identificado pelo IPMA como uma situação meteorológica de risco extremo, devendo as pessoas acompanharem a evolução das condições meteorológicas e seguir as orientações da Proteção Civil. 

O Governo Regional dos Açores recomendou o encerramento de todos os jardins de infância e creches das ilhas dos grupos central e oriental na sexta-feira devido ao agravamento do estado do tempo.

Num comunicado, o gabinete de imprensa do executivo açoriano informa que a Secretaria Regional da Solidariedade Social recomenda o fecho destes estabelecimentos nas ilhas de Santa Maria e São Miguel (grupo oriental) e Graciosa, Faial, Pico, Terceira e São Jorge (grupo central).

“Por precaução, é igualmente recomendado o encerramento dos centros de atividades de tempos livres, dos centros de atividades ocupacionais e dos centros de dia”, adianta a mesma nota, que pede a colaboração de todas as instituições particulares de solidariedade social responsáveis por estas valências “no sentido da adoção desta medida preventiva”.
 

Voos cancelados já esta quinta-feira


Os grupos central e oriental dos Açores estão sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva, vento forte e agitação marítima, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A transportadora aérea SATA cancelou esta quinta-feira de manhã dois voos entre as ilhas Terceira e São Jorge, devido ao mau tempo nos Açores, deixando em terra 150 passageiros, disse à Lusa o porta-voz da companhia.

António Portugal acrescentou que "os 150 passageiros das ligações Terceira/São Jorge/Terceira serão reacomodados em voos de sexta-feira".

Além das ligações aéreas, as condições meteorológicas estão também a afetar os transportes marítimos, mantendo-se encerrados a toda a navegação os portos da Casa, na ilha do Corvo, e o de Santa Cruz, na ilha das Flores, confirmou à Lusa o comandante do Porto da Horta, Diogo Vieira Branco, acrescentando que a autoridade marítima "mantém o acompanhamento da situação".