Os militares da GNR de Mértola estão a viver de forma “desumana”. A denúncia é feita pela Associação Independente da Guarda, mas a GNR desmente e diz que já foi encontrado um novo espaço para os militares.
 
De acordo com as imagens a que a TVI teve acesso, os cinco militares da GNR partilham um espaço mínimo de 15 m2, onde dormem em três camas e um beliche.
 
Pior é mesmo a falta de água na casa-de-banho. Como explica o representante da associação, José Alho, os militares estão “sem condições para desfazer a barba ou tomar banho” antes de saírem para o serviço.
 
A casa é emprestada pelos bombeiros locais já lá vão quatro anos, mas a GNR informa que já tem um T4 preparado para acolher os militares.