O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou esta quinta-feira a detenção de dois cidadãos estrangeiros, em Santa Maria da Feira, suspeitos de explorarem deficientes estrangeiros para a mendicidade.

A detenção ocorreu na passada quarta-feira, na sequência da execução de mandado de busca à residência e às viaturas dos suspeitos.

Em comunicado, o SEF diz que os dois detidos fazem parte de um núcleo familiar suspeito da prática de vários ilícitos criminais, dos quais se destacam o tráfico de pessoas, associação criminosa e ofensas à integridade física.

"As investigações, realizadas pelo SEF na dependência do Ministério Público, abrangem a exploração de mendicidade forçada, organizada pelos detidos, servindo-se de cidadãos estrangeiros com deficiências físicas", refere o comunicado citado pela Lusa. 


Segundo o SEF, os estrangeiros com deficiências físicas eram recrutados no país de origem mediante promessas de lucro fácil.

Os dois detidos, que estão indiciados pelos crimes de tráfico de pessoas e associação criminosa, foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.