O alerta máximo nos Açores já passou, mas o mau tempo fez estragos. A proteção civil do arquipélago registou 27 ocorrências entre as 18:00 de quarta-feira e as 2:00 de hoje (uma hora mais tarde em Lisboa). Apesar de tudo, provocaram, na sua maioria, "pequenos danos".

Entretanto, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera baixou hoje de vermelho para amarelo o aviso por causa do vento para as sete ilhas dos grupos ocidental e central dos Açores.

Todo o arquipélago está agora sob aviso amarelo por causa do vento.

Nas Flores e Corvo (grupo ocidental) o aviso vigorava apenas às 06:00 (mais uma hora em Lisboa), no Pico, Faial, São Jorge, Graciosa e Terceira (grupo central) até às 08:00 e em São Miguel e Santa Maria (grupo oriental) também só até às 06:00.

Todas as ocorrências registadas pela Proteção Civil tiveram lugar no grupo ocidental e central, aqueles que estiveram sob aviso vermelho por causa do vento no mesmo período.

"Todas essas ocorrências não registaram danos significativos, estando relacionadas na sua maioria com pequenos danos nos telhados das habitações, quedas de árvores e pequenas inundações. Todas elas tiveram a devida resposta pela entidades competentes", lê-se num comunicado do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

Nove dessas ocorrências ocorreram no Faial, quatro na Terceira, quatro em São Jorge, sete em São Miguel, uma no Pico, uma no Corvo e uma nas Flores.

Por causa da agitação marítima, o grupo ocidental esteve com um aviso laranja até às 06:00 e o grupo oriental terá ainda aviso amarelo ativo  até às 11:00.