A autoestrada 25 e a estrada 109 já foram reabertas ao trânsito, numa altura em que ainda se procura o homem de 50 anos de Angeja. 

Passadas quase 20 horas do desaparecimento de um homem na zona de Albergaria-a-velha, as buscas continuam sem sinal do ciclista que resolveu atravessar a estrada, apesar desta estar cortada. Estão três equipas no terreno, duas no rio e uma terrestre. 

A circulação de comboios na via sul-norte entre Aveiro e Estarreja foi hoje reposta pelo meio-dia, depois de ter estado interrompida devido ao mau tempo, informou a Infraestruturas de Portugal (IP).

Em comunicado, a empresa informa que ainda se encontra suspensa a circulação ferroviária na linha da Beira Alta, por falta de energia entre Santa Comba Dão e Carregal do Sal.

Está ainda interrompida, sem previsão de reposição, a circulação nos troços Alfarelos e Taveiro, na linha do Norte, por inundação da via.

Também na linha do Vouga continua interrompida a circulação de comboios entre Aveiro e Eirol, por inundação da via e uma vez que foi afetada a infraestrutura de suporte.

A IP refere que as situações nas linhas do Norte e do Vouga se devem ainda prolongar, aguardando-se a descida do nível das águas para se repor a circulação.

Quanto à linha do Douro, foi reativada a circulação no sábado à noite, mas ainda há limitações de velocidade nalgumas zonas, segundo disse à agência Lusa fonte oficial da IP.

Estradas cortadas

Relativamente às estradas, há um corte na estrada nacional (EN) 205 na Póvoa do Lenhoso e na EN 205-5 em Terras de Bouro, neste último caso com previsão de circulação restabelecida até ao final da noite de hoje.

A EN 222 junto a Resende está também cortada em dois locais, aos quilómetros 96 e 116.

Está também cortado o IC3 – variante da Portela - devido a inundação e a circulação faz-se pelas vias coletoras.

O IC2 encontra-se condicionado na zona da Arrifana, havendo uma imposição de redução da velocidade.

Na EN 342 há condicionamento de via e a EN 111 na zona de Adémia encontra-se cortada devido à subida das águas.

Foi entretanto restabelecido o trânsito na EN 2010 em Melgaço e também na EN 230 junto ao entroncamento com a estrada regional 342.