A marginal da Nazaré e a Avenida Vieira Guimarães reabriram ao trânsito às 16:00 depois de concluídos os trabalhos da remoção de toneladas de areia empurradas para a via pelo vento forte registado no domingo, divulgou a câmara.

Ao longo do dia de hoje, a câmara municipal procedeu à limpeza das ruas e remoção da areia” divulgou a autarquia que deu os trabalhos por concluídos às 16:00, hora a que as duas principais vias da vila foram “reabertas ao trânsito”.

O trânsito nas duas artérias foi interditado no domingo devido à agitação marítima e o vento forte que, refere um comunicado da autarquia, “empurrou toneladas de areia para a marginal e praças adjacentes”, retiradas ao longo do dia de hoje por máquinas e funcionários camarários.

Além da areia, o vento que, segundo o capitão do Porto da Nazaré, Gomes Agostinho, soprou no domingo a “velocidades superiores a 100 quilómetros por hora”, causou danos na esplanada de uma gelataria cuja “estrutura metálica e toldos foram arrancados”.

Durante a tarde, a Polícia Marítima foi ainda chamada para retirar seis pessoas dos acessos ao Forte de S. Miguel, onde, apesar de o trânsito estar interdito, se encontravam por terem ido a pé, tendo depois que ser resgatadas por não conseguirem fazer o caminho de volta devido à força do vento.

Ao final da tarde de hoje, a barra do Porto de Pesca da Nazaré mantinha-se fechada à navegação, situação que se manterá que “estejam reunidas condições de segurança”, afirmou à agência Lusa Gomes Agostinho.