O forte temporal que se está a fazer sentir, esta quarta-feira, em Santarém, provocou algumas inundações que obrigaram à retirada de 131 crianças de uma escola. O alerta foi dado às 13:45 e ninguém ficou ferido.

«Dado o forte temporal e chuvadas ficaram inundadas algumas salas da escola básica do Pereiro», indicou ao tvi24.pt o comandante Adelino Gomes, da Autoridade Nacional de Proteção Civil de Santarém. Nessa escola, tiveram de ser socorridas 126 crianças e dois funcionários.

As restantes cinco crianças, que estavam num jardim de infância pertencente ao mesmo agrupamento, foram retiradas apenas «por precaução». Esse estabelecimento «ficou isolado, mas não foi inundado», ressalvou ainda o mesmo comandante.

À TVI24, em direto via telefone, o comandante dos bombeiros municipais de Santarém indicou, ainda, que foram ativadas as equipas da câmara municipal, nomeadamente eletricistas «que foram ver o que se passada, porque havia quadros com água», descreveu Nuno Oliveira.

Dada a situação, «foi decidido, por precaução, não continuar com as aulas» durante o resto do dia. Embora o nível da água fosse de apenas dois ou três centímetros, «nada grave, não havia condições para continuar com as aulas».

Ao que tudo indica, o estabelecimento deverá permanecer fechado amanhã, quinta-feira, porque ainda estão a ser resolvidos os problemas de entrada de água pela cobertura, bem como as falhas técnicas de eletricidade. «De qualquer modo, essa situação terá de ser decidia pelo agrupamento escolar», acrescentou o comandante.