Portugal continental e os Açores encontram-se sob aviso amarelo devido à ao vento e chuva forte e agitação marítima, além da queda de neve nas terras altas, enquanto a costa norte da ilha da Madeira está sob aviso vermelho.

De acordo com o ‘site’ oficial do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os 18 distritos de Portugal encontram-se sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva persistente, e por vezes forte, até às 00:00 de sexta-feira nos distritos do litoral.

Os distritos da Guarda, Viana do Castelo, Bragança, Braga, Vila Real, Castelo Branco e Coimbra estão sob aviso amarelo devido à previsão de queda de neve acima dos 1.400/1.500 metros até às 09:00 de hoje.

De acordo com o IPMA, também continuam sob aviso amarelo (o segundo menos grave de uma escala de quatro) os distritos Porto, Aveiro, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro devido à agitação marítima, com a ondulação a poder chegar aos cinco metros.

O aviso vigora nestes sete distritos até às 06:00 de domingo para a agitação marítima e até às 00:00 de hoje para a previsão de chuva forte.

De acordo com o IPMA, a Madeira e o Porto Santo vão estar sob aviso vermelho entre as 15:00 de sexta-feira e as 12:00 de sábado.

A costa norte da Madeira e o Porto Santo está até às 15:00 de hoje sob aviso laranja por causa da agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com cinco a sete metros.

A região está também sob aviso laranja até às 12:00 de sábado devido a vento forte, com rajadas da ordem dos 120 quilómetros/hora.

Devido ao mau tempo, a Porto Santo Line cancelou quinta-feira, pelo segundo dia consecutivo, a viagem do ‘Lobo Marinho’, o navio que assegura a linha entre as ilhas da Madeira e do Porto Santo, devido ao mau tempo no mar do arquipélago.

Também o arquipélago dos Açores está hoje sob aviso amarelo, devido à agitação marítima forte e ao vento forte até às 18:00.

As condições meteorológicas nos Açores condicionaram já na quinta-feira as ligações áreas entre algumas ilhas açorianas, tendo a SATA Air Açores cancelado seis voos, afetando 180 passageiros, disse fonte da companhia à agência Lusa.

Sete barras marítimas fechadas devido à agitação marítima

Sete barras marítimas de Portugal continental estão fechadas à navegação e outras quatro condicionadas devido à agitação marítima, informou a Marinha Portuguesa.



Segundo a informação disponível na página da Marinha na internet, as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa do Varzim, São Martinho do Porto, Tavira e Vila Real de Santo António encontram-se fechadas a toda a navegação.

Já as barras de Vila do Conde, Aveiro, Figueira da Foz e Faro estão condicionadas. A de Vila do Conde está condicionada a embarcações com comprimento até a 12 metros, duas horas antes e duas horas depois da baixa-mar, devido à previsão de agitação marítima.

As barras de Aveiro e Figueira da Foz estão também elas condicionadas a embarcações com comprimentos inferiores a 15 e 11 metros, respetivamente, enquanto a barra de Faro está fechada a embarcações de comprimento inferior a 10 metros.

Neve encerra estradas na Serra da Estrela

A quede de neve levou hoje ao corte das estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), da Guarda.



Segundo a fonte do CDOS, pelas 05:10, foram fechados ao trânsito os troços Portela do Arão-Lagoa Comprida, Lagoa Comprida-Sabugueiro, Piornos-Cruzamento da Torre, Caruzamento da Torre-Torre e Lagoa Comprida-Cruzamento da Torre.

Fonte do Centro de Limpeza de Neve, nos Piornos, disse à agência Lusa, pelas 08:30, que naquela altura já não nevava, mas «a previsão é que ocorram aguaceiros de neve até às 12:00».

Adiantou que os limpa-neves estavam no terreno, em trabalhos de limpeza das vias, mas não adiantou previsões para a sua reabertura.